Paleógrafa aposentou-se no Arquivo Felix Guisard Filho 

A paleógrafa aposentada do Arquivo Felix Guisard Filho, Lia Carolina, será homenageada no seminário sobre arquivos históricos, que acontece no dia 14 de dezembro, às 19h, na Área de Museus, Patrimônio e Arquivo Históricos.

Natural de Guaratinguetá, Lia é formada em história em Taubaté e pós-graduada pela USP. No período em que estudou em São Paulo foi contemplada com uma bolsa de estudos da Fapesp para realizar a recuperação de documentos da cidade que pertenciam a Felix Guisard e hoje integram o Arquivo Público da cidade.

Prestou concurso público e passou a atuar como paleógrafa na Divisão de Museus. No cargo, recebeu a atribuição de também gerenciar projetos, estudos e pesquisas arqueológicas. Trabalhou na Divisão de Museus com Paulo Camilher Florençano e Maria Morgado de Abreu. Dentre os recentes trabalhos de Lia está a pesquisa do Caminho Antigo do Ouro, que descobriu uma antiga rota entre Taubaté e Paraty e de Cipriano, com uma rota entre Taubaté e São João Del Rey. Aposentou-se aos 70 anos em 2014.

Também participam do seminário a professora Amanda Oliveira Monteiro, mestre em filologia pela USP e atual responsável pelo Arquivo Municipal “Félix Guisard Filho” e o professor Tiago Donizette da Cunha, mestre e doutorando em “Educação: História, Política, Sociedade” pela PUC (SP), que explanará a respeito do conteúdo do Centro de Documentação de Pesquisa Histórica da Universidade de Taubaté.

O seminário integra a programação de aniversário de Taubaté, com ações até o dia 17 de dezembro.

 

 

Curta o Almanaque Urupês no FacebookYoutubeInstagram Twitter para acompanhar o nosso trabalho.